Entre os moradores de um condomínio  o único ponto em comum é que todos moram no mesmo prédio.  Tal situação acaba trazendo, caso não sejam observadas as  regras, uma série de situações conflituosas que precisam ser trabalhadas e resolvidas de forma pontual e rápida, observando o Regimento Interno e a Convenção.

Todo conflito tem uma dinâmica, nos condomínios podemos relacionar pelo menos dez situações que geram conflitos, muitas vezes acabando nos tribunais desnecessariamente, bastando bom senso entre os envolvidos e a intermediação da administração do condomínio na busca de uma solução.

Deste modo, o sindico e, caso couber, o zelador, devem ser proativos, antecipando, prevenindo e atuando no sentido de buscar soluções para os problemas e conflitos. Agindo de forma pontual e democrática tornarão a convivência no condomínio  mais harmônica e saudável para todos.

Deixe uma resposta